Buscar
  • Ricardo Formanek

Missão e Visão são para valer ou apenas uma placa na parede?


Lanço aqui um desafio: Quantos de vocês, funcionários de uma organização, conhecem a Missão e a Visão de sua empresa? Ou ainda: Sua empresa possui uma Missão e uma Visão?

Muitos de nós já ouviram falar de Missão e Visão de empresas. Mas existem diversas organizações que não fazem um planejamento estratégico adequado e que nem ao menos tem esse tipo de declaração ou, se tem, estão penduradas numa parede na recepção junto a um bebedouro.


Por que será que isso acontece? Será que as declarações de Missão e Visão são conceitos complexos demais para serem compreendidos por funcionários comuns? Será que fazem parte de alguma estratégia secreta cuja simples menção colocaria em risco o destino da corporação?

Tenho a impressão de que não se trata nem de uma coisa nem de outra, mas sim de um problema maior que acomete grande parte das empresas há muito tempo: A falta de capacidade da Direção em se comunicar com o restante da organização. Mas isso não é o mais grave e sim o fato de que a própria Direção desconhece suas verdadeiras Missão e Visão.

Antes de prosseguirmos, gostaria de conceituar, de maneira bem simples a Missão e a Visão de uma empresa. Essas definições e muitas outras podem ser facilmente encontradas na internet ou em inúmeros livros que tratam do assunto:


Missão

É a razão de ser da empresa. O motivo pelo qual ela existe.

A Missão de uma organização é caracterizada por uma situação presente, ela pode ser mais ampla ou mais restrita mas deve refletir de maneira inequívoca a vocação da organização. Em geral, a Missão traz em sua composição aquilo que ela oferece e a quem ela oferece, ou seja, seus produtos/serviços e seu público-alvo.

Uma característica extremamente importante da declaração de Missão de uma empresa é que ela define aquilo que a empresa é e, mais importante, aquilo que a empresa não é! Isso ajuda muito na tomada de decisões estratégicas.

Eu, particularmente, gosto muito da Missão do grupo Disney:

“Fazer as pessoas felizes”

A Missão da Disney é extremamente simples e bastante abrangente. A empresa se utiliza de filmes, desenhos, publicações, parques temáticos, etc. para atingir seu público alvo que são... pessoas!


Visão

Aquilo que a empresa deseja ser no futuro. Como ela quer ser percebida no longo prazo.

A Visão de uma empresa se caracteriza por uma situação desejada no futuro. Pode ser daqui a 5, 10 ou 20 anos. A Visão é característica dos visionários, aqueles que enxergam longe, deve ser algo ambicioso mas possível de ser alcançado com esforço e disciplina.

A importância da Visão de uma empresa é que ela define uma direção a ser seguida, permite a criação de metas de longo prazo que deverão ser desdobradas em um conjunto de ações que levem a organização a atingir seus objetivos. A Visão deve ser estimulante e contagiar a todos os funcionários de maneira que eles se sintam parte integrante da caminhada rumo ao futuro da organização.

Mais uma vez cito o exemplo da Disney. Sua Visão é:

“Criar um mundo onde todos possam se sentir crianças”

A Disney mostra o desejo muito claro de transportar todos para um mundo de fantasia, um universo infantil nem que seja durante as duas horas de um filme ou durante uma tarde em um de seus maravilhosos parques. Não resta dúvida que o grupo Disney, em suas ações e tomadas de decisão, caminha em direção à realização de sua Visão.

Apesar de ter utilizado o exemplo de uma organização gigantesca como a Disney, os conceitos de Missão e Visão são aplicáveis em empresas de qualquer tipo ou tamanho e, inclusive, em nível pessoal.


Resumidamente, então, podemos dizer que a Missão define onde a empresa está e a Visão aonde ela quer chegar. Considerando que uma empresa é constituída sobretudo por pessoas, nada faz mais sentido do que essas pessoas estarem completamente cientes de suas contribuições para aquilo que a empresa é e, sobretudo, para aquilo que a empresa deseja se tornar no futuro.



“Se você não sabe para onde está indo, qualquer estrada o levará lá”

Lewis Carroll


Ricardo Formanek – Fevereiro/2018

18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo